Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2009

IPHAN DE RECIFE TERÁ NOVA SEDE

Por Alexandre Figueiredo

A 5ª Superintendência Regional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em Recife, inaugura nova sede hoje. Durante três décadas, a sede da superintendência pernambucana do IPHAN funcionou no atual prédio do Museu da Abolição, localizado no bairro da Madalena, e a nova sede está localizada no Palácio Soledade, histórico prédio da capital pernambucana.

Foi neste palácio, construído em 1764 e tem 2,3 mil metros quadrados, onde funcionou o antigo Colégio Nóbrega e o Liceu de Artes e Ofícios de Pernambuco, depois Liceu Nóbrega de Artes e Ofícios. O prédio é de responsabilidade da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), que compartilhará com o IPHAN a administração do edifício. "O palácio, tombado pelo IPHAN em 1938, abrigou os bispos de Olinda, em meados do século XVIII, como o Dom Vital. Depois, foi estrutura do colégio, que fechou em 2006", acrescenta o padre Pedro, um dos representantes da Unicap.

A nova sede do IPHAN em R…

VOU FAZER PROVA PARA O IPHAN

Vamos ficar na torcida, para eu ganhar na prova.

OBRAS RESTAURADAS DO MESTRE ALEIJADINHO SÃO EXPOSTAS AO PÚBLICO

Por Alexandre Figueiredo

O maior número de esculturas em madeira produzidos por Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, foram restaurados e estão em exposição pública desde o último dia 11. As obras estão localizadas na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, na cidade de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG).

As peças, produzidas entre 1784 e 1786, foram guardadas em outra igreja, a de Nossa Senhora da Conceição do Jaguara, na cidade de Matosinhos, também da Grande Belo Horizonte, durante o período de restauração da Igreja Matriz em Nova Lima. O estado do acervo estava lastimável. As peças - quatro altares de cedro, dois púlpitos e uma tarja do arco-cruzeiro, a única que ainda apresenta policromia - estavam desmontadas, guardadas em péssimas condições e as interferências que sofreram causaram a perda das cores e do douramento original.

O trabalho de restauração custou R$ 587 mil e os investimentos contaram com a parceria entre o Ministério do Turismo e a Prefeitura…

CONSELHO CONSULTIVO DO IPHAN APROVA TODOS OS PEDIDOS DE TOMBAMENTO E REGISTRO

Última reunião do ano marca tombamento de dois centros históricos, um complexo ferroviário e o mais novo patrimônio imaterial do Brasil

São João del-Rei – MG, 3 de dezembro de 2009. A última reunião do Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, ocorrida hoje, na cidade mineira de São João del-Rei, acabou em festa. É que toda a população aguardava ansiosamente a decisão sobre o último item da pauta, que era o pedido de registro como patrimônio nacional do Toque dos Sinos em Minas, uma tradição que é muito forte na cidade.

Aprovação concedida, os sinos das igrejas começaram a tocar sua música. A partir de agora, o Toque dos Sinos em Minas Gerais, tendo como referência São João del-Rei e as cidades de Ouro Preto, Mariana, Catas Altas, Congonhas, Diamantina, Sabará, Serro e Tiradentes é o mais novo patrimônio imaterial brasileiro. Ele passa a integrar uma seleta e recente lista que vem protegendo as tradições e manifestações culturais do país.

A fe…

CRISTO REDENTOR TORNA-SE PATRIMÔNIO HISTÓRICO DO BRASIL

Por Alexandre Figueiredo

Considerado uma das sete maravilhas do mundo contemporâneo, o Cristo Redentor, um dos mais conhecidos monumentos do Brasil, é declarado definitivamente Patrimônio Histórico do país, conforme anunciou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

O decreto que definiu a famosa estátua como patrimônio nacional foi publicada no Diário Oficial da União, no último dia 03. A medida garante proteção nacional e estadual do monumento, sendo proibidos os trabalhos de reforma estrutural, e mesmo as obras que tiverem necessidade de serem feitas passam a depender da avaliação e da autorização dos técnicos do IPHAN.

O monumento, inaugurado em 1931, pesa 38 metros e está localizado no Corcovado, área cujo acesso se dá dentro do trajeto entre o Largo do Machado e o Cosme Velho. Sua pedra fundamental foi lançada já em 1922, nas comemorações do Centenário da Independência, mas somente em 1926 foram realizadas obras no local.

A estátua, que teve seu tombamento provi…

"FUNK CARIOCA": O CONTRASTE ENTRE O DISCURSO E A REALIDADE

"FUNK CARIOCA": O CONTRASTE ENTRE O DISCURSO E A REALIDADE

Por Alexandre Figueiredo

Nos últimos anos, o "funk carioca" se destacou como um fenômeno peculiar, muito menos pela sua suposta qualidade artística do que pelo discurso altamente engenhoso que o ritmo recebe pelos seus defensores.

O sistema retórico é de certa forma tão habilidoso que esse discurso, em si, está garantindo não somente a sobrevida do "funk" como um modismo dançante como está permitindo que ele penetre em espaços e redutos antes inimagináveis, recebendo o apoio nunca cogitável de intelectuais, professores, jornalistas, artistas e até mesmo políticos de esquerda.

O que levou o "funk" a tomar um rumo fenomenológico que o faz próximo de se tornar, ainda que pela via política, um "patrimônio cultural", ou pelo menos um "movimento cultural de caráter popular", é algo inédito no Brasil e revela o quanto a intelectualidade brasileira não está preparada ainda p…

MORRE ARQUITETO ACÁCIO GIL BORSOI

Da Assessoria de Comunicação do IPHAN

O Brasil perdeu ontem, dia 4 de novembro de 2009, um grande nome da arquitetura nacional. Morreu, em São Paulo, o arquiteto e urbanista Acácio Gil Borsoi. Carioca, nascido em 1924 e radicado em Pernambuco há 56 anos, ele foi casado com a também arquiteta e pernambucana Janete Costa, que faleceu em 2008.

Formado em 1949 pela Faculdade Nacional de Arquitetura da Universidade do Brasil – FNA, chegou a estagiar no escritório de Affonso Eduardo Reidy, onde participou do projeto do Conjunto Habitacional do Pedregulho, no Rio de Janeiro.

Borsoi atuou como consultor do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan, atual Iphan) por 15 anos. Mudou-se para o Recife em 1951, quando foi convidado a assumir a cadeira de pequenas composições da Escola de Belas Artes de Pernambuco. Em 1964, foi responsável pela reformulação do curso de arquitetura da Escola. Mais tarde, assumiu a cadeira de grandes composições no lugar do arquiteto italiano Mario Russ…

MORRE CLAUDE LEVI-STRAUSS

Por Alexandre Figueiredo

Há quase um ano, foi publicado um texto sobre ele, neste link. Era a comemoração do centenário do antropólogo Claude Levi-Strauss, que faleceu no último sábado. O óbito, no entanto, foi divulgado hoje, além da informação de que o cientista social sofria do mal de Parkinson.

Suas ideias influenciaram a sociologia, a filosofia, a história, a teoria literária e, evidentemente, a própria antropologia, que se transformou decisivamente devido à abordagem estruturalista de Levi-Strauss.

Ele foi o intelectual estrangeiro convidado para lecionar na então recém-fundada Universidade de São Paulo (USP), em 1934. Depois, realizou pesquisas diversas no Centro-Oeste e Norte brasileiros, estudando várias tribos indígenas. O livro Tristes Trópicos, de 1955, é um relato abrangente destas pesquisas.

Segundo o antropólogo e coordenador do Programa de Estudos dos Povos Indígenas da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, José Ribamar Bessa Freire, que foi al…

GOVERNO FEDERAL LANÇA O PAC DAS CIDADES HISTÓRICAS

Por Alexandre Figueiredo

O presidente Luís Inácio Lula da Silva lançou, na última quarta-feira (21), em Ouro Preto (MG), o Plano de Aceleração do Crescimento das Cidades Históricas. O plano governamental é uma iniciativa da Casa Civil, em parceria com o Ministério da cultura, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), dos ministérios da Educação, do Turismo e das Cidades, além da Petrobrás, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Caixa Econômica Federal e Banco do Nordeste do Brasil.

O PAC Cidades Históricas é um fruto das experiências conjuntas do IPHAN com o Programa Monumenta, destinado à recuperação do patrimônio cultural urbano brasileiro, executado pelo Ministério da Cultura e financiado pelo BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento. Hoje ligado ao IPHAN, o Programa Monumenta já era presidido por Luiz Fernando de Almeida antes dele assumir o comando do IPHAN.

A cerimônia foi realizada na Praça Tiradentes, na histórica cidade mineira…

PREFEITURA DO RIO DÁ INÍCIO ÀS OBRAS NA PRAÇA MAUÁ

Por Alexandre Figueiredo

A Prefeitura do Rio de Janeiro anuncia que dará início, hoje, às obras de recuperação e modernização do pier da Praça Mauá, localizado entre o centro e a Zona Portuária, uma reforma que faz parte do projeto de revitalização da área, que envolve um dos principais acessos ao Rio de Janeiro, seja pela via marítima, seja pela Avenida Rodrigues Alves, por sua vez um acesso para várias rodovias como a Av. Brasil e a Ponte Rio-Niterói.

A Praça Mauá surgiu como uma antiga praia, a Praia de Nossa Senhora, popularmente conhecida como Prainha. Sua atual estrutura data de 100 anos atrás, pois foi em 1910 a construção do Porto do Rio de Janeiro, para permitir o atracamento de grandes embarcações.

Atualmente o lugar é um descampado, e a área limita-se a ser um reduto de boemia e prostituição, sendo no entanto um lugar bastante arriscado devido à criminalidade motivada sobretudo pelas drogas.

O pier é a segunda obra a ser iniciada dentro de um conjunto de intervenções urbanístic…

MOSTEIRO DO RIO TEM CAPELAS RESTAURADAS E GANHA INVENTÁRIO

Por Alexandre Figueiredo

O Mosteiro de São Bento, localizado nos arredores da Rua Dom Gerardo, próximo à Praça Mauá, no Centro do Rio de Janeiro, reinaugurou, no último dia 08, duas capelas que foram restauradas, a Capela-mor e a do Santíssimo. Na cerimônia, dedicada ao dia de Nossa Senhora de Monteserrate, estavam presentes, entre outros, o diretor de Patrimônio do Mosteiro, Mauro Fragoso, e o superintendente do IPHAN no Rio, Carlos Fernando Andrade.

Na ocasião, o IPHAN entregou ao Mosteiro um inventário com quase 2,5 mil peças relacionadas à igreja e originárias dos séculos XVIII e XIX. O inventário tem dez volumes, com todas as informações sobre tais peças. De acordo com Andrade, o inventário facilitará na segurança e na identificação dos objetos no caso de roubo. “Qualquer problema e qualquer eventual furto de algum determinado bem a gente sabe imediatamente identificar, mostrar à imprensa, à polícia, enfim, dar publicidade de que aquele bem foi subtraído e que não deve ser comprado…

PRAÇA DE BELO HORIZONTE GANHA ESPAÇO CULTURAL

Exposição mostra detalhes do Circuito Cultural de Belo Horizonte

Por Alexandre Figueiredo

A Praça da Liberdade, um dos principais pontos paisagísticos de Belo Horizonte, passa a abrigar o Circuito Cultural, um projeto do governo de Minas Gerais em parceria com várias entidades da iniciativa privada. O espaço cultural foi inaugurado este mês, no dia 03, com a exposição "Praça da Liberdade: circuito cultural - arte e conhecimento". O governador mineiro Aécio Neves participou da abertura do evento.

O Circuito Cultural reunirá atividades de arte, ciência, cultura popular e lazer em museus, centros de memória, salas de exposição e de espetáculos, além de abrigar espaços para oficinas e cursos e contar com cafeterias, restaurantes e lojas. O circuito também tem como virtude reaproveitar os prédios históricos, adaptados especialmente às novas funções previstas no projeto.


Mapa divulgado mostra área do Circuito Cultural

São dez espaços que, no total, fazem parte do circuito. O Espaço do …

PRIMEIRA FACULDADE INDÍGENA DO BRASIL FORMA 90 NOVOS PROFESSORES

Por Alexandre Figueiredo

Uma nova turma de alunos foi formada este mês pela primeira faculdade indígena da América do Sul. A Faculdade Intercultural Indígena, da Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat), diplomou 90 índios de diversas aldeias da região, que estão habilitados para trabalhar como professores para os povos de suas tribos. É a segunda turma formada pela Unemat, e a primeira se formou em 2006. A cerimônia de formação da segunda turma foi realizada no Ginásio de Esportes Arlindo Buck, na Barra dos Bugres, no último dia 14 de julho.

A faculdade existe desde 2001 e é uma conquista de um desejo reivindicado há um tempo por cientistas sociais e lideranças indígenas. Além disso, quando, junto com a aprovação da Lei 11.645/2008, que instituiu no currículo oficial da rede de ensino nacional a obrigatoriedade da temática História e Cultura Afro-brasileira e Indígena, o projeto de criação de mais uma faculdade indígena no Brasil, a primeira em âmbito federal.

Esta faculdade será …

OURO PRETO COMEMORA 311 ANOS

Da Assessoria de Comunicação do IPHAN

A Prefeitura de Ouro Preto programou uma série de eventos para celebrar, no dia 8 de julho, o aniversário de 311 anos do município. A comemoração começará às 8h com uma manhã esportiva no Estádio Dr. Genival Alves Ramalho. No Estádio ocorrerá ainda, às 15h30, o jogo Seleção de Ouro Preto X América FC (Belo Horizonte) e a final da III Taça Cidade de Ouro Preto às 17h30.

A população de Ouro Preto receberá neste dia duas obras: o Terminal Rodoviário Barão de Camargos, que será inaugurado às 11h, com apresentação do Grupo Folclórico Boi Mirim. Em seguida, às 12h, é a vez da inauguração do Alteamento da Praça Tiradentes, com apresentação de Banda de Música e atrações circenses. Completando a programação cultural, diversas exposições serão abertas na cidade, já dentro da programação do Festival de Inverno, como a Exposição do Projeto Reciclarte, coordenada pelos artistas Matheus Romualdo e Alisson Brito, e a Exposição Clube da Esquina e a Ditadura Militar…

IPHAN FAZ CHAMADA PÚBLICA PARA PLANO DE CIDADES HISTÓRICAS

Por Alexandre Figueiredo

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional publicou um informe convocando as cidades históricas a participar da elaboração de planos de ação voltados para gestão e capacidade técnica nas cidades que assinaram o termo de compromisso. A partir do próximo dia 29, serão divulgadas a lista das cidades participantes e os detalhes sobre a capacitação.

Há um mês, o IPHAN publicou uma chamada pública para os planos de ação, destinados aos municípios e conjuntos urbanos que foram tombados pela instituição, para outros que se encontram em processo de tombamento em nível federal e para cidades que tenham lugares registrados como Patrimônio Cultural do Brasil.

O Plano de Ação para Cidades Históricas é um instrumento de gestão que está voltado para o centro histórico de um município. A elaboração do plano tem por um dos objetivos fortalecer a implantação do Sistema Nacional do Patrimônio Cultural.

O plano leva em consideração a relação estabelecida com o conjunto …

COMITÊ DO PATRIMÔNIO MUNDIAL DA UNESCO SE REÚNE NA ESPANHA

Da Assessoria de Comunicação do IPHAN

O Comitê do Patrimônio Mundial da UNESCO vai se reunir em Sevilha, na Espanha, no período de 22 a 30 de junho de 2009. Em sua 33ª sessão, o encontro vai contar com 800 participantes entre estados-parte, especialistas em patrimônio, organizações não-governamentais e organismos técnicos assessores da UNESCO.

No evento, serão apresentados o relatório das atividades desenvolvidas pelo Centro do Patrimônio Mundial e a implementação das decisões do Comitê; relatório sobre a execução do orçamento 2008-2009 e o orçamento a ser adotado em 2010-2011 e relatórios de avaliação de projetos desenvolvidos em vários continentes sobre patrimônio material, imaterial, cultural, misto e paisagem cultural. Faz ainda parte da programação do evento a apresentação da lista indicativa do Patrimônio Mundial de cada estado-membro e a realização de uma reflexão sobre o futuro da Convenção do Patrimônio Mundial de 1972.

O Brasil vai ser representado pelo Ministério da Cultura, M…

IPHAN INICIA PARTICIPAÇÃO EM PROGRAMA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

Evento aconteceu durante inauguração do novo campus da UFRB, em Cachoeira (BA). Na foto, um dos prédios do Quarteirão Leite Alves ainda em obras.

Por Alexandre Figueiredo

Durante a cerimônia de inauguração dos prédios restaurados que abrigam o campus da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), em Cachoeira (Bahia), no último dia 25, foi assinado um termo de cooperação técnica do IPHAN no Programa de Apoio à Extensão Universitária, um projeto promovido pelo Ministério da Educação (MEC), em parceria com a Secretaria de Ensino Superior (SESU), órgão ligado ao Ministério. Nesta iniciativa, o governo disponibilizará R$ 1 milhão, de um total de R$ 19,2 milhões, para a investir na criação e no desenvolvimento de programas e projetos de extensão universitária destinados ao patrimônio cultural, de forma a auxiliar na preservação de valores culturais, conforme perspectivas já apresentadas pelo ProExt.

Estiveram presentes no evento o presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, os mi…

DIRETORIA DO IBRAM SERÁ EMPOSSADA NO DIA 11

Da Assessoria de Comunicação do IPHAN

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e o ministro da Cultura, Juca Ferreira, darão posse à diretoria do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), na próxima segunda feira, dia 11, às 17h, no Palácio do Itamaraty, em Brasília. A cerimônia contará com a presença do ex-ministro da Cultura Gilberto Gil, do presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, e de autoridades do setor museológico e da área cultural.

O Ibram, a mais nova autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), coordenará as ações da Política Nacional de Museus e promoverá melhorias na gestão do setor museológico brasileiro. Além disso, o órgão tem como meta estabelecer um diálogo entre a área de museus e as artes visuais e criar instituições em municípios de pequeno porte, favelas, áreas quilombolas e indígenas.

Com apoio do setor, o projeto do instituto surgiu em 2003 com o intuito de pensar em uma estrutura capaz de gerir políticas públicas na área de museus…

MINISTÉRIO PÚBLICO E IPHAN FAZEM ALERTA SOBRE CADASTRO OBRIGATÓRIO

Por Alexandre Figueiredo

O Ministério Público Federal e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) realizaram uma reunião, na tarde do último dia 24 de março, na Procuradoria da República de Pernambuco, em Recife, dedicada a avaliar a obrigatoriedade do cadastro de antiguidades. Entre os presentes estavam a procuradora da República Mona Lisa Duarte Ismail, o diretor do Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização do IPHAN, Dalmo Vieira Filho, o superintendente regional do IPHAN em Pernambuco, Frederico Faria Neves de Almeida, entre técnicos, cientistas sociais e outros participantes. Também foram convocados todos os comerciantes que se envolvem com antiguidades no Estado de Pernambuco.

No evento, a museóloga Til Pestana, da sub-gerência de Bens Móveis e Integrados do IPHAN, fez uma palestra esclarecendo a importância dos bens móveis e integrados, e a necessidade que os mesmos devem em ser objeto de cadastramento. Por sua vez, os técnicos do IPHAN fizeram uma …

IPHAN USA TEATRO PARA DIVULGAR O PATRIMÔNIO CULTURAL NO PARÁ

Por Alexandre Figueiredo

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural realiza, este mês em Belém do Pará, o projeto educativo Muito Prazer, Seu Patrimônio", uma forma de mostrar as atividades de preservação do patrimônio para a população.

O projeto é uma iniciativa da 2ª Superintendência Regional, um esforço para estabelecer a comunicação entre o IPHAN e a sociedade, além de despertar nas pessoas a consciência patrimonial. Por meio da linguagem teatral, conta-se uma história que mostra os principais problemas que fazem parte do cotidiano social, no que se refere ao patrimônio.

A sinopse gira em torno de quatro personagens. O primeiro é um fotógrafo tradicional, do tipo lambe-lambe, que com uma caixa de madeira realiza fotografias artesanais de transeuntes que passam pela praça diante da Igreja de Santana, no bairro da Campina, em Belém. Há também um jornaleiro, considerado descolado, responsável pela venda do jornal Folha do Patrimônio em plena feira do Ver-O-Peso. A ter…

BRASIL JÁ TEM MAIS DE 2600 INSTITUIÇÕES MUSEOLÓGICAS

Por Alexandre Figueiredo

Foi concluído, no início deste mês, o levantamento estatístico dos museus brasileiros, realizado pelo Departamento de Museus e Centros Culturais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). A conclusão da pesquisa se deu num período próximo à futura criação do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), entidade que se dedicará exclusivamente aos museus, aliviando as responsabilidades do IPHAN.

O levantamento constatou um aumento de 10,2% de abrangência em relação à avaliação anterior. Em 2006, o levantamento constatou que o país tinha 2.374 instituições museológicas, enquanto o levantamento recente mostra que o número cresceu para 2.618.

De acordo com o resultado do levantamento, dos 2.618 museus mapeados, a maioria, no total de 2.410 museus, está aberta à visitação pública. Os outros 78 museus estão em fase de implantação, enquanto os demais 112 estão fechados ao público. 2600 instituições são consideradas presenciais e apenas 18 são virtuais.

INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS - IBRAM

Por Alexandre Figueiredo

A Câmara dos Deputados aprovou, em dezembro passado, a proposta de criação do Instituto Brasileiro de Museus, que substituirá o Departamento de Museus do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. O instituto é uma antiga reivindicação dos museólogos brasileiros e o projeto de sua criação, em tramitação no Senado, será sancionado ainda este mês pelo presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva.

O início dos trabalhos está previsto para o mês de março próximo. Mais de 70 anos mais novo que o IPHAN, o IBRAM se desvinculará do outro instituto, o que favorecerá as atividades do IPHAN. Desta forma, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional deixará de assumir os museus, se ocupando nos assuntos ligados aos patrimônios material, imaterial e arqueológico. Esta vantagem resolve a questão polêmica da criação do IBRAM, uma vez que, embora a criação de um novo órgão represente mais gastos por parte do Governo Federal, ela diminui a sobrecar…