CRISTO REDENTOR TORNA-SE PATRIMÔNIO HISTÓRICO DO BRASIL



Por Alexandre Figueiredo

Considerado uma das sete maravilhas do mundo contemporâneo, o Cristo Redentor, um dos mais conhecidos monumentos do Brasil, é declarado definitivamente Patrimônio Histórico do país, conforme anunciou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

O decreto que definiu a famosa estátua como patrimônio nacional foi publicada no Diário Oficial da União, no último dia 03. A medida garante proteção nacional e estadual do monumento, sendo proibidos os trabalhos de reforma estrutural, e mesmo as obras que tiverem necessidade de serem feitas passam a depender da avaliação e da autorização dos técnicos do IPHAN.

O monumento, inaugurado em 1931, pesa 38 metros e está localizado no Corcovado, área cujo acesso se dá dentro do trajeto entre o Largo do Machado e o Cosme Velho. Sua pedra fundamental foi lançada já em 1922, nas comemorações do Centenário da Independência, mas somente em 1926 foram realizadas obras no local.

A estátua, que teve seu tombamento provisório anunciado em 2008, foi um projeto desenhado pelo artista plástico Carlos Oswald, a partir de uma concepção arquitetônica de Heitor da Silva Costa, e a escultura foi trabalhada pelo francês de origem polonesa Paul Landowski. O financiamento para as obras de construção se deu através de cidadãos e instituições brasileiros.

O Cristo Redentor já havia sido uma ideia divulgada em 1859, pelo padre Pedro Maria Boss, que sugeriu que um monumento religioso fosse construído no Morro do Corcovado (que faz parte da Floresta Nacional da Tijuca). Desde 2007 a estátua faz parte da lista das maiores maravilhas do mundo moderno.

FONTES: Site de Curiosidades, G1, Agência Estado.

Comentários