Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

PRIMEIRO ARRANHA-CÉU BRASILEIRO TORNA-SE PATRIMÔNIO CULTURAL

Por Alexandre Figueiredo

Numa época de transformações em curso na Zona Portuária do Rio de Janeiro, um de seus edifícios mais tradicionais torna-se patrimônio cultural. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) aprovou no último dia 03 o tombamento do edifício do jornal A Noite, situado junto à Praça Mauá e próximo ao começo a Avenida Rio Branco.

Construído no lugar do antigo prédio do Liceu Literário Português, em 1928, o edifício A Noite - cujo jornal era propriedade de Irineu Marinho, antes deste fundar o jornal O Globo, um dos veículos mais antigos das Organizações Globo - foi um projeto arquitetônico, em estilo art déco e dotado de concreto armado, do francês Joseph Gire, autor dos edifícios do Copacabana Palace e do Palácio Laranjeiras, e Elisiário Bahiana, com cálculo estrutural feito pelo engenheiro Emílio Baumgart.

O prédio é considerado o primeiro arranha-céu construído no Brasil, situado na antiga capital do país, e foi uma das construções que simbol…